Ele colecionava fotos de Adolf Hitler e incitava preconceito através de redes sociais

Agentes da delegacia do Leblon (14ª DP) prenderam nesta terça-feira (28) um bacharel em direito por discriminação racial.

De acordo com os investigadores, ele utilizava redes sociais para expor seu preconceito. Na casa do bacharel, próximo a lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul da cidade, foram encontradas diversas imagens do nazista  Adolf Hitler.

A prisão ocorreu após vários meses de investigação. O acusado está prestando depoimento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.