Presidente de torcida do Flamengo é preso suspeito de participar de confronto

Confusão entre flamenguistas e vascaínos deixou dez pessoas baleadas no último domingo (1º)

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na tarde desta quarta-feira (4) dois suspeitos de terem participado do confronto armado entre torcedores do Flamengo e do Vasco que deixou dez baleados no último domingo (1º), em Niterói, na região metropolitana fluminense.

Um dos presos é o presidente da torcida organizada do Flamengo, Raphael de Souza Silva, segundo a assesssoria de imprensa da corporação.

Hoje, a Justiça decretou a prisão temporária de Marlon César Soares Alvarenga, apontado como um dos autores dos disparos. Ele continua foragido.

A briga ocorreu na praça Enéas de Castro, tradicional ponto de encontro de vascaínos. Após a confusão, 101 pessoas foram detidas e levadas para a delegacia do Fonseca (78º DP).

    Leia tudo sobre: brigatorcidaflamengovasco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG