Preparativos para réveillon no Rio mobilizam a Marinha

Cerca de 180 militares em 14 embarcações serão responsáveis pela vistoria das 17 balsas

Agêcia Brasil |

Para garantir a segurança dos cidadãos cariocas e dos turistas que irão passar a virada do ano na orla do Rio de Janeiro, a Capitania dos Portos começa hoje (27) os preparativos para a Operação Réveillon. Cerca de 180 militares em 14 embarcações serão responsáveis pela vistoria das 17 balsas, de onde serão lançados os fogos de artifício, e pela fiscalização do limite de segurança na área de queima. Balneários como Angra dos Reis, na Costa Verde, e Cabo Frio, na Região dos Lagos, se preparam para a festa do dia 31 de dezembro.

A Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ)contará também com o apoio de um helicóptero da Força Aeronaval da Marinha do Brasil e de dois navios do Grupamento Naval do Sudeste. Segundo a capitania, os navios irão delimitar as áreas de segurança para as balsas, ao verificar o posicionamento correto e afastamento da faixa de areia.

As 11 balsas, que serão usadas na festa da passagem do ano em Copacabana, onde são esperados cerca de 2 milhões de pessoas, vão ficar no mar a 300 metros da areia, em pontos diferentes da praia.

De acordo com a Capitania dos Portos, na primeira fase da operação serão feitas diversas verificações nas 17 balsas que serão empregadas em Copacabana, Icaraí (em Niterói, na região metropolitana) e no Flamengo. As equipes da autoridade marítima ficarão responsáveis pela vistoria e liberação das embarcações de turismo náutico.

Na segunda fase da verificação, a lotação das embarcações que sairão da Boca da Barra, no último dia do ano, e os itens de segurança obrigatórios nos navios de passageiros serão alvos da inspeção naval. A Capitania dos Portos informou também, por meio de nota, que inspetores navais ficarão responsáveis, nos iates clubes e marinas da cidade, pela verificação de barcos de passeio que pretendem sair da Baía de Guanabara.

Em Cabo Frio, na Região dos Lagos, o movimento para o réveillon já é grande. De acordo com a concessionária que administra a RJ-124, conhecida como Via Lagos, 27 mil carros passaram pela rodovia que corta a região.

Só na Praia do Forte, a expectativa da prefeitura é de que quase um milhão de pessoas participem dos shows, que começam hoje (27). A prefeitura informou também que já estão sendo preparadas três balsas que servirão de plataforma para a queima de mais de 21 toneladas de fogos. O espetáculo terá a duração de 16 minutos.

A tradicional procissão marítima de Angra dos Reis, na Costa Verde fluminense, voltará a acontecer em 2011. Em decorrência dos estragos provocados pelas chuvas que mataram mais de 50 pessoas na virada do ano passado, o cortejo foi suspenso.

A Associação dos Organizadores de Barcos da Procissão Marítima de Angra dos Reis está finalizando o regulamento da competição para submetê-lo à avaliação da Fundação de Turismo de Angra dos Reis, Turisangra. A competição escolhe os barcos mais animados do cortejo. Além da revisão e de possíveis alterações, o órgão liberará cerca de R$ 46 mil para ser distribuído entre os vencedores da disputa.

Segundo a Turisangra, a concessionária que faz a travessia de passageiros do continente até a Ilha Grande, Barcas S/A, cederá uma de suas embarcações, com capacidade para mil pessoas, para ser o barco-madrinha da procissão marítima. No dia 6 de janeiro de 2011, os festejos continuam em comemoração aos 509 anos da cidade.

    Leia tudo sobre: réveillonano novorio de janeiromarinha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG