Prefeito diz que câmeras vigiam entulho removido de desabamento

"É inacreditável que delinquentes estivessem mexendo nos destroços depois de uma tragédia como esta", afirmou Paes

Bruna Fantti, iG Rio de Janeiro |

Bruna Fantti
Prefeitura pretende catalogar pertences encontrados
O prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, esteve na manhã deste domingo, no local onde ocorreu o desabamento de três prédios no centro do Rio. Ele afirmou que as ruas no entorno do local deverão ser liberada nesta segunda-feira.

A tragédia: Três prédios desabam no Rio

Mudança de cenário: Veja a paisagem antes e depois do desabamento

Câmeras: Cenas do momento da tragédia

Resgate: Corpos serão procurados em entulhos já retirados do local

De acordo com Paes, todo o material particular que pertencia aos escritórios será recolhido assim que o trabalho de buscar por vítima por parte dos bombeiros terminar. “Vamos contratar uma empresa para catalogar os objetos. Eles estão em um depósito da Conlurb (companhia de empresa urbana) na baixada fluminense.”

Paes afirmou ainda que câmeras de segurança foram instaladas neste terreno em Duque de Caxias após quatro funcionários da empresa Porto Rio terem sido flagrados pelo jornal Folha de S. Paulo remexendo nos entulhos. “Os equipamentos foram instalados para evitar que esta miséria da alma humana que se revela em algumas pessoas ocorra novamente. É inacreditável que deliquentes estivessem mexendo nos entulhos de uma tragédia com esta.”

Este não foi o único episódio do gênero. Na sexta-feira, o dentista Antonio Molinaro, de 53 anos, havia denunciado um desvio de objetos por bombeiros que trabalhavam nas buscas.

O prefeito pretende reforçar a legislação para obras em edificações. “Vamos estudar uma lei mais rígida. Vimos que caso como esses estão relacionado a ação dos proprietários e dos engenheiros responsáveis.”

O trabalho de resgate já encontrou 17 corpos no local do desabamento. Também foram encontrados pedaços de pessoas no depósito de entulho. Ainda há desaparecidos.

    Leia tudo sobre: desabamento de prediosrio de janeiroobras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG