Policial militar é morto na zona oeste do Rio

Polícia investiga se o crime foi cometido após o PM reagir a uma tentativa de assalto em Campo Grande

iG Rio de Janeiro |

A Delegacia de Homicídios investiga o assassinato de um policial militar lotado no 40º BPM (Campo Grande). O crime ocorreu no mesmo bairro em que o PM trabalhava. Os investigadores acreditam que o cabo João Carlos Souza Cruz foi atingido ao tentar reagir a um assalto. Os criminosos queriam levar o carro do policial.

O cabo, lotado no do Regimento de Polícia Montada (RPM), foi o quarto policial a ser morto no Rio desde o início do ano, e o segundo no bairro de Campo Grande, na zona oeste da cidade.

Presos suspeitos de matarem outro policial

Na manhã deste sábado (8), policiais militares prenderam três homens suspeitos de participar da morte de um PM no último dia 5. 

A vítima foi executada dentro do carro que dirigia, na Rua Miguel Rangel, em Cascadura, na zona norte. Desde que o crime foi registrado, PMs do 41º BPM (Irajá) iniciaram operações na região para tentar localizar os suspeitos.

Entre os presos está um homem identificado apenas como Alex, o Dentinho, que segundo a polícia seria um dos gerentes do tráfico em uma localidade conhecida como Congonha, no Morro do Cajueiro.

De acordo com os policiais que participaram da prisão, os outros dois suspeitos seriam menores de idade.

Homem morto a facadas na Ilha do Governador

Ainda na manhã deste sábado, policiais militares encontraram um homem morto a facadas na Estrada de Tubiacanga, na Ilha do Governador, na zona norte.

O corpo da vítima, que não foi identificada, foi abandonado uma pista de motocross com a faca cravada no peito.

    Leia tudo sobre: policial mortoassaltofacadas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG