Uma das mortes aconteceu após suposto confronto com traficantes. Em outro caso, PM teria reagido a assalto e foi atingido 4 vezes

selo

Um policial militar e um bombeiro foram mortos a tiros neste domingo no Rio. Os ataques ocorreram em Bonsucesso, na zona norte, e em Campo Grande, na zona oeste da capital. Outro policial foi baleado de raspão na cabeça durante perseguição no Lins de Vasconcelos, também na zona norte.

O soldado do Corpo de Bombeiros Dewenir Jorge Matos morreu de madrugada no Hospital Getúlio Vargas. Ele havia sido atingido na Estrada do Itararé, durante suposto confronto entre traficantes de drogas do Morro do Alemão, segundo informações da PM.

Já o terceiro-sargento da PM Marcelo Domingos da Silva, que teria reagido a um assalto, foi morto com quatro tiros. O policial baleado de raspão, do 3.º Batalhão, no Méier, foi atacado por ocupantes de um Astra prateado. Ferido, foi levado para o hospital Salgado Filho. Os bandidos fugiram.

A disputa entre facções rivais pelo controle da venda de drogas provocou intenso tiroteio durante a madrugada deste domingo no Morro da Serrinha, em Madureira, na zona norte. Dois carros blindados foram mandados para o local pela PM.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.