Policiais ganharão bônus por redução de mortes em confronto

Gratificação será de até R$ 3 mil; secretaria irá adotar novo conceito para mortes violentas

iG Rio de Janeiro |

A partir de 2011, a secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro vai conceder gratificações de até R$ 3 mil para os policiais militares que baterem a meta de redução da criminalidade. Na prática, serão premiados semestralmente os policiais que trabalhem nas regiões onde forem registradas redução das mortes em confronto, os chamados autos de resistência.

A catalogação de crimes pela secretaria também irá mudar pois será adotado o conceito de letalidade violenta no lugar dos homicídios dolosos. Esse conceito passa a compor a lista de prioridades, é constituído pelos crimes de homicídio doloso, latrocínio, auto de resistência e lesão corporal seguida de morte.

Nas regiões cujo índice criminal já é muito baixo, sua meta será manter os índices no mesmo nível. 
Vale ressaltar que o avanço do Programa de Metas a cada semestre aumenta o desafio das polícias.

O Governo do Estado também decidiu que as gratificações pagas pelo cumprimento dos resultados vão dobrar. Ou seja, todos os policiais de uma área que bater a meta e ainda tiver a maior redução entre todas ganharão R$ 3 mil ao fim do semestre. O segundo colocado, nos mesmos critérios, terá direito a R$ 2 mil. O terceiro colocado, a R$ 1.500. E todos os policiais, cujos batalhões e delegacias apenas alcançarem suas metas, terão direito a uma gratificação de R$ 1 mil.

    Leia tudo sobre: policiaisgratificação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG