Polícia realiza hoje reconstituição da morte de menor no Complexo da Penha

Adolescente de 15 anos foi morto em suposto confronto entre militares e traficantes no dia 26 de dezembro

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio de Janeiro deverá realizar na noite desta quarta-feira (4) a reconstituição da morte de Abrahão da Silva Maximiliano, de 15 anos.

O adolescente foi morto em um suposto confronto entre traficantes e militares da Força de Pacificação do Exército no último dia 26, na localidade conhecida como Mirante da Chatuba, no Complexo da Penha, na zona norte. A reconstituição será acompanhada pelo Ministério Público Militar.

Leia também : Menor é morto em suposto confronto no Complexo da Penha

Na ocasião do fato, o Exército informou que o jovem estava na companhia de dois outros homens em atitude suspeita. Quando os militares se aproximavam, o grupo fugiu, os dois suspeitos teriam feito disparos e a tropa reagiu. Baleado, Abrahão chegou a ser levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu.

Leia também : Exército afasta oito militares que participaram de suposto confronto que matou menor

A família do menor disse que Abrahão não tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Oito militares que participaram da ação foram afastados do patrulhamento. Os policiais tentarão identificar da onde partiu o tiro que matou o adolescente.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG