Polícia quer ouvir hoje dona de parque onde jovem morreu

Adolescente morreu após ser atingida por um carrinho que se soltou de brinquedo

AE |

selo

A dona do parque de diversões instalado em Vargem Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, deverá ser ouvida na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) nesta terça-feira (16). A delegacia investiga a morte de uma adolescente no local.

Alessandra da Silva Aguilar, de 17 anos, morreu após ser atingida por um carrinho que se soltou do brinquedo conhecido como Tufão no parque Glória Center, no último domingo (14).

Ao se desprender, o carrinho 'voou' caindo a uma distância de quase 15 metros, atingindo Alessandra. Outras oito pessoas ficaram feridas, sendo duas em estado grave.

O Conselho Regional de Engenharia do Rio (Crea-RJ) também irá vistoriar hoje três parques que receberam laudos técnicos favoráveis de funcionamento feitos pelo engenheiro mecânico Luis Soares Santiago.

Ele era encarregado pelos laudos de instalação, manutenção e recuperação dos equipamentos do parque Glória Center. O objetivo da Comissão de Análise e Prevenção de Acidentes (Capa) é o de verificar o estado de conservação das instalações desses parques.

A primeira ação será realizada no bairro de Jardim Bonifácio, no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Assista ao vídeo sobre o acidente no parque de diversão:

Caso não consiga ver este vídeo, clique no link abaixo para assistir na TV iG:

Responsáveis por parque no Rio vão responder por homicídio doloso

    Leia tudo sobre: parque de diversõesparqueacidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG