Polícia prende quadrilha que recebia propina para liberar veículos apreendidos

Dezenove foram presos. A maioria trabalha para empresa que administra depósitos públicos municipais no Rio de Janeiro

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na manhã desta quinta-feira (7) 19 pessoas suspeitas de receber propina para liberar veículos que estavam retidos em depósitos públicos municipais por causa de infrações de trânsito ou atraso no pagamento de impostos.

Dos 19 presos, 18 são despachantes que trabalham para uma empresa que administra os depósitos. Eles autorizavam a retirada dos automóveis sem que os proprietários precisassem efetuar o pagamento de débitos efetivamente devidos. O outro detido é um funcionário da Secretaria Municipal de Transportes.

De acordo com o delegado Márcio Mendonça, titular da DRFA (Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis), os suspeitos confeccionavam documentos falsos, como ofícios expedidos pelo Detran, documentos do carro e do proprietário para praticar o crime.

O policial explicou que os criminosos passavam informações reservadas do sistema e aceitavam a apresentação de documentos falsos mediante o recebimento de “propina”.

Demissões

A Secretaria Especial da Ordem Pública da Prefeitura informou que serão demitidos todos os envolvidos em fraude para liberação de veículos dos depósitos municipais.

A pasta vai abrir uma sindicância contra a empresa para apurar as irregularidades e responsabilidades, podendo inclusive romper o contrato com a Prefeitura.


    Leia tudo sobre: propinaveículos apreendidosRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG