Polícia prende o traficante Biscoito, um dos mais procurados do Rio

Bandido atuava nos morros da Mangueira e também do Cajueiro

iG Rio de Janeiro |

Divulgação/Polícia Civil
Biscoito estava com uma das pernas engessada e de muletas quando foi preso
O traficante Lúcio Mauro Carneiro dos Passos, o Biscoito, foi preso nesta sexta-feira (5) por policiais da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro.

O bandido agia no morro da Mangueira, na zona norte, e fugiu durante o processo de implantação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Segundo os agentes, Biscoito também era um dos chefes do tráfico do morro do Cajueiro, em Madureira, na zona norte. No Jacarezinho, atuava como um dos gerentes.

Perna engessada

Durante a operação para capturar o bandido, foram apreendidas quatro pistolas, quatro submetralhadoras, um quilo de cocaína e munições. Biscoito está com a perna engessada e de muletas após ter sido baleado em um confronto na Mangueira.

O subchefe operacional da Polícia Civil, delegado Fernando Veloso ressaltou a importância da prisão do criminoso.

“Essa prisão envolveu mais de um departamento. Isso mostra a importância da participação do traficante na estrutura dessa facção criminosa. A incursão foi cirúrgica por conta desse trabalho de inteligência, para que ele não conseguisse fugir. Apesar dele estar com uma limitação temporária de mobilidade, é uma pessoa extremamente perigosa, nível de periculosidade elevadíssimo, lidera bondes. Há notícias de que comunidades que foram invadidas, quase todas as últimas que essa facção participou que foram invadidas ele que estava no comando”, afirmou o delegado.

Biscoito, segundo a polícia, é apontado como o responsável por vários homicídios, dentre eles, o assassinato de um diretor do presídio Bangu 3, em 2008, por não concordar com as medidas adotadas pela vítima.

Durante a ação no Jacarezinho, um menor foi baleado. Ele teria atirado contra os policiais e acabou alvejado na perna. O adolescente está no hospital e passa bem.


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG