Polícia prende dois suspeitos de agredir estudante e mendigo no Rio

Aluno do curso de Desenho Industrial, Vitor Cunha, de 21 anos, apanhou de cinco homens quando tentou defender morador de rua

iG Rio de Janeiro |

Urbano Erbiste/Agência O Globo
Estudante foi espancado por cinco jovens ao defender mendigo que estava sendo agredido
A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou na noite desta sexta-feira (3) ter prendido dois suspeitos de terem espancado um estudante que tentava defender um morador de rua na madrugada de hoje, na Ilha do Governador, na zona norte do Rio de Janeiro.

Leia também : Jovem é espancado ao tentar defender mendigo que era agredido

Tadeu Assad e William Bonfim tiveram o mandado de prisão expedido pela Justiça. Um outro suspeito, Rafael Zanini, que também teve prisão decretada, continua foragido. Os três foram reconhecidos pelas vítimas.

Outras duas pessoas também teriam participado da agressão mas ainda não foram reconhecidos.

O estudante de Desenho Industrial Vítor Suarez Cunha, de 21 anos, contou ter sido espancado por cinco jovens da mesma faixa etária ao tentar defender um mendigo que estava sendo agredido pelo grupo.

Cunha relatou informalmente à polícia que estava com dois amigos na praça Jerusalém, localizada no Jardim Guanabara, na Ilha do Governador, quando viu um mendigo ser agredido a chutes e socos pelo grupo.

Ao tentar defender o morador de rua, Cunha também foi espancado pelo grupo.

    Leia tudo sobre: agressãomendigo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG