Polícia prende comerciante acusado de matar sócio e esconder corpo em freezer

Suspeito do crime foi localizado na cidade de Jaboatão dos Guararapes (PE)

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio de Janeiro anunciou nesta segunda-feira (29) a prisão do comerciante Fabiano Lima Araújo. Ele é suspeito de, no dia 8 de julho, ter matado a facadas o sócio Ilson de Moura Lopes e ter escondido o corpo dentro de um freezer, que foi abandonado no Complexo da Mangueirinha, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Fabiano e Ilson eram donos da padaria Center Lamego, em Duque de Caxias. O suspeito do assassinato foi localizado na cidade de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco. O crime ocorreu após uma discussão.

Na delegacia, Fabiano informou que no dia do assassinato ele e a vítima discutiam por causa do automóvel, quando Ilson pegou uma faca e tentou esfaqueá-lo. O criminoso declarou ter tirado a faca da mão de Ilson e desferido oito facadas na vítima.

De acordo com a polícia, após o crime Fabiano colocou o corpo de Ilson dentro de um freezer e abandonou o eletrodoméstico na Mangueirinha.

“Segundo Fabiano, ao ver o sócio ensanguentado caído no chão, ele colocou o corpo dentro de um freezer, falou com dois moradores de rua que o ajudaram a carregar o eletrodoméstico até uma Kombi, e abandonaram o freezer em uma esquina, onde foi encontrado por populares.”, disse o delegado Rodrigo Santoro, titular da 59ª DP, em Duque de Caxias

O delegado informou que logo após o crime a distrital passou a investigar o homicídio e conseguiu identificar Fabiano que foi capturado dentro de uma igreja. Ele estaria escondido em Pernambuco na casa de uma cunhada. Fabiano vai responder por homicídio qualificado.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG