Polícia prende agiotas ligados à milícia no Rio

Milicianos financiavam empréstimos e, em troca, recebiam parte dos lucros obtidos com os juros cobrados às vítimas

iG Rio de Janeiro |

Além de cobrar taxas de segurança de moradores de favelas do Rio de Janeiro e explorar também a distribuição de sinal de TV a cabo clandestina nas comunidades, os milicianos também estariam envolvidos em crimes de agiotagem.

A descoberta foi anunciada nesta terça-feira (5) com a prisão de três agiotas no centro do Rio de Janeiro. A dupla fazia propaganda de empréstimo fácil nas ruas de diversos e cobrava juros de 35% a 45% ao mês. A maioria das vítimas era composta por moradores da zona oeste da capital e da Baixada Fluminense.

De acordo com investigações da Draco (Delegacia de Repressão aos Crimes Organizados), há indícios de que os empréstimos eram financiados por milicianos. Os criminosos garantiriam a ameaça e retaliações contra os devedores, em troca, recebiam parte dos lucros obtidos com os juros aplicados pelos agiotas.

Com os suspeitos presos, foram apreendidos R$ 4 mil em espécie, pequena quantidade de maconha, uma faca, diversas notas promissórias, vários blocos com dados pessoais de vítimas que pegaram empréstimos, cópias de documentos de vítimas, calculadoras, recibos de empréstimos, câmeras de circuito interno de TV, entre outros objetos. Eles irão responder pelos crimes de usura, uso de entorpecentes, extorsão e quadrilha armada.

Segundo as investigações da Draco, a quadrilha emprestava o dinheiro em um determinado local e recebia os juros em locais diferentes.

As quantias eram entregues às vítimas mediante a apresentação de cópia de todos os seus documentos, o preenchimento de notas promissórias, e de um cadastro com endereço residencial e profissional, e respectivos telefones. Os agiotas não possuíam qualquer autorização ou alvará para funcionamento nem para realização de serviços de natureza financeira.

    Leia tudo sobre: milíciaagiotasRio de Janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG