Polícia prende 13 e acha 150 kg de maconha em Macaé (RJ)

Polícias civil, federal e militar realizam nesta terça-feira megaoperação para prender traficantes escondidos no município

iG Rio de Janeiro |

Uma operação conjunta das polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal resultou na prisão de 13 suspeitos nesta terça-feira (22) nas comunidades das Malvinas, Nova Holanda, Nova Botafogo e Nova Esperança, em Macaé, no norte fluminense.

Batizada de Falklands, a ação resultou também na apreensão de 150 kg de maconha, uma pistola, 14 máquinas caça-níqueis, três carros, duas motocicletas, quatro telefones celulares e munições. Um menor de idade foi detido. Um suspeito foi baleado na perna.

A operação visa cumprir 54 mandados de busca e apreensão de menores e outros 27 de prisão de supostos traficantes foragidos dos Complexos do Alemão e São Carlos, localizados na cidade do Rio de Janeiro, além do combate à pirataria.

Um dos procurados é Anderson Rosa Mendonça, conhecido como Coelho, apontado pela polícia como ex-gerente do tráfico de entorpecentes do morro de São Carlos.

O subchefe operacional da Polícia Civill, delegado Fernando Veloso, admitiu a possibilidade de a operação ter vazado antes de ser deflagrada já que os policiais não conseguiram encontrar os traficantes que eram procurados.

Cerca de 100 militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Choque, do 32º Batalhão (Macaé), além de aproximadamente 300 agentes de diversas delegacias especializadas estão nas favelas Nova Botafogo, Malvinas, Nova Holanda e Nova Esperança, na região central do município.

Os agentes denominaram a operação de Falklands  em referência à principal favela da região - já que o seu nome é homônimo às Ilhas das Malvinas, territórios britânicos ultramarinos no Atlântico Sul, que em inglês se chamam Falklands Islands.

    Leia tudo sobre: operaçãoMacaé

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG