Polícia ocupa morro no Rio e prende três estelionatários

Quadrilha oferecia empréstimos pelos jornais e aplicava golpes nas vítimas

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou na manhã desta quinta-feira (12) uma grande operação no morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, na zona norte do Rio de Janeiro, para desarticular uma quadrilha de estelionatários. Três pessoas foram presas.

Na chegada dos agentes, houve uma intensa troca de tiros mas não há informações sobre feridos. Segundo as investigações, os suspeitos publicavam anúncios de empréstimos em jornais e aplicavam golpes em quem os procurava.

De acordo com a polícia, após oferecer o empréstimo, o bando pedia 10% do valor depositado como forma de garantia da devolução do dinheiro emprestado, mas não devolviam a garantia, além de cobrar uma taxa, caso as vítimas quisessem desistir da negociação.

Idosos eram as maiores vítimas

De acordo com o delegado Geraldo Assed, titular da 72ª Delegacia (São Gonçalo), a captura do trio foi possível a partir de dois registros realizados na delegacia de São Gonçalo e de anúncios de uma empresa que faz empréstimos em jornais da região metropolitana.

O delegado informou que a quadrilha agia a cerca de um ano e acredita que eles tenham feito muitas vítimas a maioria idosos.

“Eles devem ter lesado muitas pessoas, nós sabemos de registros de umas 15 vítimas, a maioria pessoas com mais idade, inclusive um dos registros da 72ª é de uma senhora idosa.”, afirmou Assed.

Ainda segundo o titular, o grupo possui duas contas bancárias onde acumulou mais de R$ 100 mil nesse um ano de atuação. O delegado informou ainda que falta prender uma mulher. Os criminosos vão responder pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha.

    Leia tudo sobre: operaçãomorroestelionatáriosrio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG