Polícia investiga tiroteio em porta de boate, no RJ

Policial que não estava a serviço morreu durante troca de tiros. Acusado dos disparos se entregou nesta manhã

iG Rio de Janeiro |

Policiais civis da 56ª DP, de Comendador Soares, na Baixada Fluminense, investigam desde a manhã deste domingo (14) um tiroteio que matou nesta madrugada um homem na porta da boate Rio Sampa, em Nova Iguaçu.

A delegada de plantão, Inês Maria de Oliveira, foi ao local do crime apurar os fatos. Uma equipe de peritos também foi acionada pela delegacia. O caso foi registrado na 58ª DP, de Posse, também na Baixada, mas transferido para a 56ª DP. O acusado de ser autor dos disparos se entregou pela manhã.

O tiroteio começou após uma briga, segundo policiais. Fábio Martins de Sousa, 31 anos, era policial do Grupamento Aéreo Marítimo de Niterói, mas não estava a serviço no momento do crime. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu enquanto estava sendo socorrido. 

A boate fica localizada na Via Dutra, movimentada rodovia que liga o Rio a São Paulo.

    Leia tudo sobre: Tiroteioboatepolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG