Polícia fecha o cerco a traficantes que ainda estão na Rocinha

Carros, vans e ônibus estão sendo intensamente revistados; policiais contam com arquivo de fotos dos bandidos

iG Rio de Janeiro |

O cerco à Favela da Rocinha foi intensificado na manhã deste sábado (12) por policiais militares do Batalhão de Choque. Eles atuam intensamente nos acessos à favela a fim de evitar a fuga de traficantes que permaneceram no local após a prisão do traficante Nem na última quarta-feira. A comunidade será ocupada na madrugada deste domingo (13) para que receba uma Unidade da Polícia Pacificadora - o que ainda não tem data.

Acompanhe: Saiba quem são os membros da quadrilha de Nem que estão foragidos

Agência O Globo
Policial revista passageiro de van próximo à Rocinha
Apesar da ação policial, o clima na favela é de apreensão . Até o início da tarde deste sábado, não houve registro de conflitos. Moradores circulam pelas ruas e o comércio funciona normalmente. Mesmo assim, há relatos de pessoas que vivem na comunidade de que ainda há traficantes armados no lugar.

Leia mais: Chefe do tráfico da Rocinha era o criminoso mais procurado do Rio

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro afirmou que a partir das 9h deste domingo irá acompanhar a ocupação. O trabalho será feito por defensores do Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos que além de registrar possíveis denúncias de moradores também vão assegurar assistência jurídica nos casos necessários. O grupo está em uma van no acesso principal da favela a partir das 9h.

Outras notícias: Beltrame diz que criminosos 'mostraram fragilidade'

Associações de moradores da Rocinha informam os moradores que permanecerão de prontidão durante 24h para acompanhar o trabalho da polícia e ouvir relatos de moradores sobre a ação.

Agência O Globo
Tropa do Batalhão de Choque fechou o cerco nos acessos de entrada e saída da favela

Por isso, as revistas policiais se intensificaram. Motos, vans, táxis, carros de passeio e até mesmo ônibus que passam pelo local são submetidos a uma análise apurada da tropa do Choque. Nem mesmo veículos escolares estão sendo poupados. Os PMs contam com arquivos de fotos dos traficantes conhecidos da região para evitar erros.

Agência O Globo
Revista intensificada depois que um dos bandidos tentou fugir de táxi, na sexta-feira

Até agora a polícia apreendeu oito motos que foram escondidas por traficantes dentro de um condomínio residencial perto da Rocinha, o que resultou na detenção de dois suspeitos, um deles menor de idade.

Outros dois suspeitos também foram presos em flagrante com duas granadas e munição de fuzil 762. Eles foram pegos em um dos acessos da favela que estão cercados: a Estrada da Gávea. Na madrugada outro homem foi preso com um táxi roubado. Segundo os policiais ele seria traficante e tentava fugir da Rocinha.

Agência O Globo
A revista será feita até o início da ocupação polícial, marcada para a madrugada deste domingo

    Leia tudo sobre: rocinhavidigalnemoperaçãopolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG