Nove traficantes foram presos durante operação na comunidade Vila Vintém. Um deles era da Rocinha

Material usado para refino da cocaína que foi apreendido na favela Vila Vintém
Jadson Marques/Agência O Globo
Material usado para refino da cocaína que foi apreendido na favela Vila Vintém
A Polícia Civil do Rio de Janeiro fechou duas refinarias de cocaína que funcionavam na favela VIla Vintém, em Padre Miguel, na zona oeste da capital fluminense, na manhã desta terça-feira (6).

Na ação, nove supostos traficantes foram presos, sendo um deles oriundo da favela da Rocinha, na zona sul, que é controlada pela mesma facção criminosa, a Amigos dos Amigos (ADA).

De acordo com policiais, em razão da ocupação da favela da Rocinha no dia 13 de novembro, os bandidos daquela comunidade transferiram para a Vila Vintém a estrutura do refino da cocaína. Os dois traficantes que eram responsáveis pelos laboratórios na Rocinha, os irmãos Cristiano Sá Silva, o Abelha, e Fabiano Sá Silva, se mudaram para a favela da zona oeste.

A operação, que envolveu 120 policiais de várias delegacias especializadas, visava cumprir 16 mandados de prisão e de busca e apreensão, expedidos pela Justiça, contra traficantes que atuam naquela comunidade.

Durante a operação, apreenderam também duas pistolas, quatro granadas, uma submetralhadora, além de drogas, munições e máquinas caça-níqueis cuja quantidade não foi informada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.