Polícia do Rio prende mais um falso coronel do Exército

Suspeito estava fardado e tentava entrar na sede do Comando Militar do Leste

iG Rio de Janeiro |

Domingos Peixoto / Agência O Globo
Ele é suspeito de ter assassinado uma mulher no ano passado, segundo a polícia
A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na tarde desta quinta-feira (19) um falso coronel do Exército que pretendia entrar na sede do Comando Militar do Leste, no centro da capital fluminense.

O suspeito, identificado como Deyvid Torres Monteiro, de 30 anos, usava uma farda camuflada e apresentava um documento falso de coronel.

Os policiais descobriram que ele é acusado de um homicídio de uma mulher, no ano passado.

Ele será indiciado por falsidade ideológica e uso de documento falso.

No ano passado, a polícia fluminense descobriu que um falso coronel do Exército trabalhou durante vários meses na Secretaria de Segurança Pública. Na época,  chegou a exercer a função de coordenador de uma subsecretaria, comandando operações e dando aulas de tiro.

O suspeito chegou a ficar preso alguns meses mas, no final do ano, ganhou a liberdade.

Durante a madrugada, policiais rodoviários federais prenderam um advogado que apresentou o documento de um policial militar na rodovia Washington Luís (BR-040), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Ele disse que o policial era um de seus clientes e que usou a carteira para dar uma “carteirada” na blitz, pois estava sem a carteira de habilitação e os documentos do carro estavam com o licenciamento vencido.

    Leia tudo sobre: falso coronelExércitoRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG