Polícia descobre megafesta que seria feita por traficante em Macaé

Bandido do morro de São Carlos, no Rio, comemoraria seu aniversário na comunidade das Malvinas. Operação da PM deixou três mortos

iG Rio de Janeiro |

Três supostos traficantes foram mortos durante uma operação da PM na comunidade das Malvinas, em Macaé, no Norte Fluminense, nesta terça-feira (1º).

Leia também : UPP do São Carlos é inaugurada

PMs ocuparam o local após receberem informações de que o traficante Sandro Luís de Paula Amorim, o Foca ou Lindinho, que é um dos chefes do tráfico no morro de São Carlos, no Estácio, na zona central da capital, iria comemorar seu aniversário hoje na favela.

No interior da comunidade, os PMs descobriram um grande palco onde seriam realizados shows para homenagear Foca. Artistas famosos se apresentariam, de acordo com a corporação. Vários aparelhos de som foram apreendidos.

A PM teve informações também de que os traficantes disputariam uma partida de futebol, compraram caixas de cerveja e que fariam um churrasco. Teriam, inclusive, matado três bois para a festa. A bebida e os animais mortos, no entanto, ainda não foram encontrados.

Houve confronto com os bandidos e três morreram. Com eles, foram apreendidos dois revólveres e uma mochila com cocaína e maconha.

O coordenador do evento foi detido por PMs e levado para uma delegacia. Ele terá que se explicar porque organizou a festa sem a autorização do poder público.

    Leia tudo sobre: festa de traficanteMacaé

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG