Polícia descobre fortaleza de suposto chefe do jogo do bicho no Rio

Agentes acharam uma das bases do contraventor Fernando Iggnácio. Local tinha sofisticado aparato de monitoramento

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio de Janeiro fechou nesta sexta-feira (9) uma fortaleza do jogo do bicho que pertenceria supostamente ao contraventor Fernando Iggnácio, suspeito de comandar o jogo ilegal na zona oeste da capital fluminense.

Leia também : Justiça manda soltar patrono da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis

A fortaleza, localizada na rua Fonseca, em Bangu, tinha sofisticado aparato de monitoramento, com diversos computadores e telas. De acordo com a polícia, desta central, o grupo controlava as máquinas caça-níqueis.

De acordo com os agentes, no estabelecimento funcionava a empresa Adult Fifty Games, que seria de propriedade de Fernando Iggnácio.

A polícia explicou que o local possui antenas de alto alcance, além de câmeras externas exatamente para possibilitar a visão da chegada de estranhos.

Os policiais procederam aos locais para cumprimento de mandado de busca e apreensão, visando a arrecadação de provas do crime de formação de quadrilha para exploração de jogos de azar.

Em outro ponto, na Rua Cônego de Vasconcelos, também em Bangu, foram arrecadas dezenas de máquinas caça-níqueis, além de noteiros avulsos.

Na semana passada, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) concedeu a Iggnácio o direito de responder em liberdade o trânsito em julgado de um processo em que foi condenado pela Justiça Federal do Rio a 18 anos de reclusão.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG