Polícia descobre fábrica de CDs piratas no Rio

Fábrica tinha a capacidade de produzir cerca de 10 mil mídias piratas por dia

AE |

selo

Policiais cariocas estouraram nesta sexta-feira uma das maiores fábricas de CDs e DVDs piratas do Rio de Janeiro. Cinco pessoas foram presas e cerca de quatro mil mídias falsificadas foram apreendidas, além de 24 impressoras para a confecção das capas. 

De acordo com a delegada Valéria de Aragão, da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), a ação teve por base um trabalho de inteligência visando desarticular quadrilhas responsáveis por fornecer CDs e DVDs para o mercado popular da Uruguaiana, no centro da cidade. A fábrica tinha a capacidade de produzir cerca de 10 mil mídias por dia. Os agentes flagraram os presos produzindo o material pirateado.

    Leia tudo sobre: piratariauruguaianario de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG