Polícia Civil realiza operação contra agiotas em Itaboraí

Agiotas se apossavam dos imóveis das vítimas endividadas e colocavam uma escultura em concreto de uma águia no telhado das casas

iG Rio de Janeiro |

Policiais civis da delegacia de Itaboraí (71ª DP) realizam na manhã desta terça-feira (29), a Operação "Águia de Itambi", para desarticular uma quadrilha acusada de praticar agiotagem. Até o momento foram presos Osmar Raimundo da Costa, 50 anos, e seu filho, Cássio Gabriel da Costa, 25 anos, presos em Itaboraí, município da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Leia também: Polícia prende agiotas ligados à milícia no Rio

A ação visa cumprir três mandados de prisão temporária de 30 dias, e cinco de busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal de Itaboraí;

Águia nos telhados

Segundo a polícia, as investigações tiveram início há 7 meses, quando um morador de Itaboraí, Paulo Ribeiro, foi assassinado, supostamente por estar devendo dinheiro à quadrilha de agiotas.

O delegado revelou que uma das características do bando era se apossar dos imóveis das vítimas endividadas e colocar uma escultura em concreto de uma águia no telhado das casas.

A operação conta com agentes da Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de São Gonçalo e da 70ª DP (Tanguá).

    Leia tudo sobre: agiotasItaboraí

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG