Caso ocorreu em Campo Grande, na zona oeste da capital fluminense

Máquina de dar choque apreendida em Campo Grande, na zona oeste
Jadson Marques/Agência O Globo
Máquina de dar choque apreendida em Campo Grande, na zona oeste
Agentes da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) da Polícia Civil do Rio de Janeiro apreenderam nesta quarta-feira (27) uma máquina de choques que era usada por milicianos para torturar desafetos, em Campo Grande, na zona oeste. Duas pessoas foram presas.

A apreensão ocorreu em uma padaria, na rua Porto Novo, na localidade de Oiticica. No estabelecimento, foram encontrados também 21 botijões de gás, várias munições para calibre 12 e 380, uma máquina de choque e duas bombas artesanais. O dono foi preso.

Em um bar ao lado, foram achadas 21 máquinas caça-níqueis. O responsável também foi preso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.