PMs acusados de receber propina são alvo de operação no Rio

Operação batizada de Dezembro Negro visa prender 13 policiais militares, entre eles um comandante de batalhão

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio realiza uma operação na manhã desta segunda-feira (19) para prender policiais militares suspeitos de receber propina de traficantes. Entre os policiais suspeitos está o tenente-coronel Djalma Beltrami, comandante do 7º BPM (São Gonçalo), localizado na região metropolitana do Rio. Beltrami assumiu o comando da unidade após a saída do tenente-coronel Cláudio Oliveira, acusado de ser o mandante do assassinato da juíza Patrícia Acioli.

A operação Dezembro Negro é resultado das investigações sobre homicídios praticados por traficantes em São Gonçalo realizadas por policiais da Divisão de Homicídios de Niterói. Durante as investigações, foi descoberto o esquema de corrupção de PMs. Ao todo, devem ser cumpridos 26 mandados de prisão, sendo 13 contra PMs.

    Leia tudo sobre: dezembro negrooperaçãosão gonçalo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG