Operação batizada de Dezembro Negro visa prender 13 policiais militares, entre eles um comandante de batalhão

A Polícia Civil do Rio realiza uma operação na manhã desta segunda-feira (19) para prender policiais militares suspeitos de receber propina de traficantes. Entre os policiais suspeitos está o tenente-coronel Djalma Beltrami, comandante do 7º BPM (São Gonçalo), localizado na região metropolitana do Rio. Beltrami assumiu o comando da unidade após a saída do tenente-coronel Cláudio Oliveira, acusado de ser o mandante do assassinato da juíza Patrícia Acioli.

A operação Dezembro Negro é resultado das investigações sobre homicídios praticados por traficantes em São Gonçalo realizadas por policiais da Divisão de Homicídios de Niterói. Durante as investigações, foi descoberto o esquema de corrupção de PMs. Ao todo, devem ser cumpridos 26 mandados de prisão, sendo 13 contra PMs.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.