No último dia de ataques intensos no Rio, houve um morto, seis presos, seis menores detidos e 34 bombas caseiras

A Polícia Militar do Rio divulgou neste domingo (28) o balanço das operações de sábado (27), o último dia de ataques intensos na cidade e anterior à ocupação do Complexo do Alemão, favela na zona norte do Rio em que cerca de 500 traficantes estão refugiados.

De acordo com a corporação, houve um morto, seis presos, seis menores detidos e dois feridos. Houve ainda a apreensão de 34 bombas caseiras, quatro fuzis, quatro submetralhadoras 9mm, quatro armas de porte, uma metralhadora Beretta 9mm, três espingardas calibre 12, uma carabina 38 e uma granada de bocal. Além disso, cinco litros de gasolina, três coquetéis molotov e uma garrafa de combustível.

A maior parte das apreensões ocorreu na Fazendinha, Complexo do Alemão, e na Vila Cruzeiro, comunidade ocupada pela polícia. Lá as forças de segurança encotraram a maiora das armas e ainda 15.000 papelotes de cocaína, sete tabletes de maconha, 30 quilos de maconha e dois quilos de cocaína.

As informações são dos batalhões de Catumbi (centro), São Cristovão (zona norte), Estrada dos Bichinhos (São Gonçalo), Morro Faz Quem Quer (zona norte), Morro dos Marítimos (Niterói), Guadalupe (zona norte), Fazendinha (zona norte), Curicica (zona oeste), Benfica (zona norte) e Urucrania (zona oeste).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.