PM se assusta com operação e pede reforço

Policial foi levado à sede da Draco, onde o mal entendido foi esclarecido

AE |

Um policial militar se assustou nesta quinta-feirra no condomínio onde mora, em Jacarepaguá, no Rio, durante uma operação da Polícia Civil. Ele chegou a pedir reforços da Polícia Militar, mas foi levado à sede da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), da Polícia Civil, onde o mal entendido foi esclarecido.

Policiais civis realizam desde o início da manhã desta quinta-feira uma megaoperação para desarticular uma quadrilha de milicianos que atua em Anchieta, no subúrbio do Rio. Ao menos sete policiais militares estão entre os 27 procurados pelos agentes. De acordo com a polícia, o cumprimento dos mandados de prisão ocorre em vários endereços de Anchieta, em Jacarepaguá, na zona oeste, e na Baixada Fluminense.

Até as 14h, ainda não havia informações sobre prisões e apreensões. Os agentes contam com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e da Corregedoria da PM.

    Leia tudo sobre: operaçãoRio de Janeiropolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG