PM prende sete suspeitos de invadir favela em Niterói

Morro invadido por criminosos está incluído no pacote de medidas da secretaria de segurança para reduzir violência na cidade

iG Rio de Janeiro |

Policiais militares do 12º BPM (Niterói) prenderam cinco homens e apreenderam dois menores suspeitos de tentar invadir na madrugada desta sexta-feira (13) o Morro do Palácio, no bairro do Ingá, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com a PM, o grupo tinha como objetivo tomar o controle dos pontos de venda de drogas na comunidade e agia a mando de um traficante da Favela Mandela, localizada em Manguinhos, zona norte da capital fluminense, controlada pela facção rival.

Leia também: PM ocupará quatro favelas para tentar conter a violência em Niterói

Fernando Quevedo / Agência O Globo
Grupo teria atuado a mando de um traficante de uma favela controlada por uma facção rival
Os agentes foram informados da invasão de traficantes por moradores do Morro do Palácio. Algumas pessoas relatavam que aproximadamente 15 homens armados tinham invadido a favela e estavam impedindo moradores de entrar ou sair. Por causa da invasão, houve um intenso tiroteio entre traficantes rivais. Ao ser cercado pela PM, o grupo invasor se dividiu e sete integrantes tentaram fugir por um acesso à Praia da Boa Viagem.

Os criminosos renderam um motorista que conduzia uma Doblô e o obrigaram a conduzir o veículo. Houve perseguição policial e o grupo criminoso acabou preso. Um dos integrantes havia recebido um tiro no pé durante o confronto com traficantes rivais do Morro do Palácio e foi encaminhado para o Hospital Universitário Antônio Pedro. Com os sete suspeitos foram encontradas seis pistolas, munições e um rádio-transmissor.

Policiais militares do 12º BPM, com o apoio do Batalhão de Choque, realizaram buscas para tentar localizar os demais invasores, mas ninguém foi encontrado. A ocorrência foi registrada na 77ª DP (Icaraí).

Medidas para conter violência

Nesta quinta-feira (12), a Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro anunciou algumas medidas para conter o avanço da violência nos municípios de Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana. Os índices de criminalidade nessas regiões têm aumentado nos últimos meses com a ação de bandidos oriundos de favelas do Rio ocupadas por Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

Confira ainda: Suspeito morre em operação da PM em favelas de Niterói

Entre as medidas anunciadas está a criação de duas companhias destacadas da Polícia Militar que vão ocupar permanentemente quatro favelas de Niterói. Cada companhia vai ter 100 soldados. Uma delas ficará sediada no Morro do Cavalão, em Icaraí, mas também será responsável pelo policiamento no Morro de Souza Soares. O outro posto vai funcionar no Morro do Estado, mas também terá atuação no Morro do Palácio.

De acordo com a PM, essas companhias destacadas seguirão o modelo já implantado no Morro Azul, no Flamengo, zona sul do Rio, na Favela Camarista Méier, no Engenho de Dentro, zona norte do Rio, e em comunidades da cidade de Macaé, no Norte Fluminense.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG