PM prende hacker suspeito de ter roubado R$ 6 milhões do Banco do Brasil

Homem de 31 anos aplicava golpes em clubes do Rio de Janeiro, como o Fluminense, vendendo programas pirateados

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu nesta quarta-feira (13) um homem de 31 anos suspeito de atuar como hacker e aplicar golpes em grandes clubes da cidade, como o Fluminense Futebol Clube e o Tijuca Tênis Clube. Ele foi identificado como Weber Nunes Garcia do Carmo. Segundo a polícia,  ele é o maior hacker do Estado.

Segundo o Serviço Reservado do Batalhão de Botafogo (2º BPM), quando tinha 17 anos, Weber conseguiu transferir R$ 6 milhões de correntistas do Banco do Brasil para a sua conta após ter acesso aos dados dos clientes da instituição.

De acordo com as investigações, o suspeito vendia programas de computador pirateados para os clubes e já causou um prejuízo de R$ 80 mil. Weber foi preso na sede do Fluminense, nas Laranjeiras, na zona sul da cidade.

    Leia tudo sobre: hackerRio de Janeirogolpes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG