Bandido conseguiu deixar coletivo e sequestrou motorista de Zafira. Vítima o reconheceu. Acusado foi baleado e está internado

A Polícia Militar informou ter prendido um terceiro suspeito de integrar o bando que sequestrou um ônibus da viação Jurema ocorrido na noite da última terça-feira (9) na avenida Presidente Vargas, no centro do Rio de Janeiro.

O suspeito, de acordo com a PM, sequestrou um motorista de um Zafira e fugiu após abandonar o ônibus. Segundo a corporação, o preso, identificado como Jean Júnior da Costa Oliveira, de 21 anos, levou um tiro no testículo e procurou socorro no Hospital São Lucas, em Copacabana, na zona sul.

No hospital, ele contou aos policiais que foi baleado em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os PMs desconfiaram e entraram em contato com o batalhão de São Cristóvão (4º BPM), que particpou da ocorrência do sequestro.

Esses PMs, então, levaram o motorista do Zafira até ao hospital e ele reconheceu Jean, que é morador da favela Beira-Mar, em Caxias. O suspeito está preso sob custódia.

Outros dois bandidos que estavam no ônibus já tinham sido presos. Eles estavam com duas pistolas e uma granada. O sequestro ocorreu por volta das 20h. Um quarto suspeito segue foragido, de acordo com a delegada Gisele Rosemberg, ouvida pelo iG .

Antes do ônibus ser cercado por PMs e os criminosos se renderem, houve tiros. Cinco pessoas foram baleadas. Uma delas, Lisa Mônica Pereira, de 46 anos, alvejada no peito, está internada em estado grave.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.