PM finaliza incursões em favelas na Maré

Novas operações podem ser retomadas a qualquer momento; polícia apreende material para endolação de drogas

Flávia Salme, iG Rio de Janeiro |

George Magaraia
Policial militar apresenta material para endolação apreendido durante incursão de duas horas na favela da Maré, na zona norte do Rio
Depois de cerca de duas horas em que realizou uma incursão nas favelas Nova Holanda e Parque União, no Complexo da Maré, zona norte do Rio, policiais militares apreenderam quatro mochilas carregadas com material para endolação de drogas.

Entre os objeos estavam papéis com o preço do entorpecente que estampava a imagem do atacante Robinho vestido com a camisa da seleção brasileira e a frase “pedala Robinho”.

Em outra etiqueta, constava a sigla “CVRLNH” que seria uma homenagem a Rogério Lengruber, conhecido como Bagulhão, um dos fundadores de uma das facções criminosas mais fortes do Rio.

Também foram apreendidas centenas de ampolas que seriam usadas para armazenar até 1,5 g de cocaína. Os policias informaram que essas ampolas são usadas em São Paulo e começaram a ser aproveitadas por traficantes do Rio.

O material foi encontrado em quatro mochilas junto com balanças de precisão, grampeadores, colheres, facas, sacos plásticos e fita adesiva.

De acordo com os policiais que participaram da operação os traficantes agora usam uma nova modalidade para embalar as drogas. Ao invés de ficarem reunidos em uma boca de fumo, endolando o material, os traficantes trabalham agora com “escritórios itinerantes", que seriam compostos por mochila com kits para preparar a droga para a venda.

    Leia tudo sobre: operaçãotiroteiocomplexo da maré

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG