PM fica gravemente ferido após explosão de carro

Ainda não há informações se a explosão aconteceu devido a uma sabotagem ou por problemas mecânicos no veículo

iG Rio de Janeiro |

iG São Paulo
Carro de PM ficou destruído após explosão
O cabo da Polícia Militar Brás Luís de Oliveira, de 38 anos, ficou gravemente ferido após o seu carro ter explodido na manhã desta terça-feira na garagem de casa, em Campo Grande, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro. A vítima foi levada para o Hospital Estadual Rocha Faria e seu quadro é considerado gravíssimo.

De acordo com a secretaria estadual de Saúde, o PM teve 80% do corpo queimado e passa por uma cirurgia. O soldado é lotado no 40º BPM (Campo Grande). Segundo informações iniciais da polícia, o carro de Oliveira – um Chevrolet Astra – teria explodido ao ligá-lo. O veículo tinha um kit gás instalado e ficou totalmente destruído.

Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) estiveram no local e um laudo deve ficar pronto em 30 dias. As chamas geradas com a explosão chegaram a atingir parte da casa do PM e alguns vidros de janelas de vizinhos foram quebrados. Policiais da 35ª DP (Campo Grande) investigam o caso e ainda não há informações se a explosão aconteceu devido a uma sabotagem ou por problemas mecânicos.

    Leia tudo sobre: explosãoPolícia Militar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG