PM afasta das ruas três policiais que participaram de tiroteio que matou idosa

Vítima de 65 anos foi morta com um tiro no peito durante confronto na favela da Metral na noite de ontem

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Militar afastou das ruas três policiais que participaram de um confronto na noite da última sexta-feira (28) na favela da Metral, na Vila Kennedy, na zona oeste do Rio de Janeiro, que resultou na morte de uma idosa de 65 anos.

Leia também : Idosa morre ao ser atingida no peito por bala perdida na zona oeste do Rio

Segundo o comandante do batalhão de Bangu (14º BPM), tenente-coronel Alexandre Fontenele, PMs que ocupam a Metral foram atacados por traficantes e revidaram. No tiroteio, a idosa foi baleada no peito e morreu.

De acordo com Fontenele, os PMs serão submetidos a uma averiguação sumária, que dura três dias. Caso a análise aponte para erro técnico ou transgressão disciplinar, os policiais vão responder a inquérito policial militar, cujo prazo é de 20 dias.

O oficial afirmou que, durante a investigação, os PMs ficarão realizando serviços administrativos no batalhão. Segundo ele, em razão de uma guerra envolvendo traficantes na Vila Kennedy, os bandidos da facção criminosa Comando Vermelho (CV) decidiram se esconder na Metral, que está ocupada pela PM.

    Leia tudo sobre: bala perdidamortefavelaPMs afastados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG