PM acusado de extorquir traficantes é preso na zona oeste

Cabo da PM foi preso em operação da polícia civil que ocorre desde o início da manhã

Anderson Ramos e Bruna Fantti, iG Rio de Janeiro |

Um cabo da Polícia Militar, identificado como Júlio Braga e lotado no 27°BPM (Santa Cruz), foi preso no final da manhã dessa quinta-feira (9) durante operação conjunta da subsecretaria de Inteligência, da Polícia Civil e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio. O PM é acusado de extorquir dinheiro de traficantes.

De acordo com o delegado Carlos Abreu, da subsecretaria de Inteligência, o policial negociava a libertação de traficantes da Favela de Antares, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio. " Ele chegou a faturar até R$ 80 mil de um traficante para libertá-lo", afirmou.

Outro preso foi um homem identificado como Mauridice Aguiar Júnior, que seria braço direito de um traficante conhecido como "Léo do Rodo" - responsável pelo transporte de drogas e pagamentos de propinas para policiais corruptos. Ainda de acordo com Abreu, Léo teria abrigado traficantes do Complexo do Alemão dentro da favela do Rola, também localizada em Santa Cruz.

Ao todo, agentes tentam cumprir 23 mandados de prisão. Até o início da tarde, seis mandados de prisão foram cumpridos e dois adolescentes foram apreendidos em flagrante.

Operação ocorre desde a manhã

Cem policiais, de cinco delegacias especializadas, iniciaram a ação por volta das 5h, com o objetivo de prender bandidos que teriam fugido do Complexo do Alemão. Além dos mandados de prisão, os agentes cumprem mandados de busca e apreensão. A polícia investiga as comunidades há seis meses.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG