Piscinão de Ramos é esvaziado para manutenção

Espaço vai ficar fechado para o público até o final de novembro

iG Rio de Janeiro |

Genilson Araujo / Parceiro / Agência O Globo
Vista aérea do Piscinão de Ramos, que está vazio para manutenção
O Piscinão de Ramos, na zona norte do Rio de Janeiro, está vazio. De acordo com RioÁguas, órgão da prefeitura, o local foi esvaziado para que seja feita uma manutenção.

A previsão é de que o Piscinão de Ramos fique fechado ao público até o final de novembro. Segundo a RioÁguas, cerca de R$ 300 mil estão sendo investido nessa manutenção.

A intervenção é feita regularmente e passa por algumas etapas. Primeiro o lago é esvaziado, o lodo do fundo é removido, o fundo é impermeabilizado, a areia é reposta e a água limpa é recolocada.

Uma reportagem do iG feita em agosto deste ano mostrou que as condições do complexo de lazer onde fica o Piscinão de Ramos estavam precárias. A água cheirava mal, tinha lixo e fezes, a quadra esportiva tinha equipamentos quebrados e os banheiros estavam com odor fétido.

O espaço também foi tema de uma exposição fotográfica , que chegou a passar por Nova York. No verão, o Piscinão de Ramos chega a receber aproximadamente 60 mil pessoas em um final de semana.

    Leia tudo sobre: piscinão de ramospiscinãoramos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG