PF prende oito por tráfico de drogas e armas no Rio

Preso anteriormente, PM do Bope é suspeito de ter desviado cerca de 3 mil munições da corporação

iG Rio de Janeiro |

A PF (Polícia Federal) prendeu nesta terça-feira (26) oito pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que atua no tráfico de armas e drogas na região de Itaboraí, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

A ação foi batizada de operação Cartucheira. Cinco outras pessoas já tinham sido presas durante a investigação, entre elas um cabo do Bope (Batalhão de Operações Especiais da PM do Rio) que é suspeito de ter desviado cerca de 3 mil munições para fuzil e pistola da corporação. Essas balas foram apreendidas no início do mês, em Itaboraí.

Um suspeito permanece foragido, segundo a PF. As prisões de hoje ocorreram no Rio, São Gonçalo e Itaboraí.

Segundo o Ministério Público Estadual, que auxiliou nas investigações, quadrilha radicada em Itaboraí negociava armas de grosso calibre, munição e drogas como cocaína e crack com traficantes da Baixada Fluminense, da Mangueira e do Complexo do Alemão. .

Além das prisões, cumpridos dez mandados de busca e apreensão, resultando na apreensão de munições e três veículos.

Entre os crimes pelos quais os presos foram indiciados estão tráfico de drogas, associação para o tráfico, comércio ilegal de armas de uso restrito, posse de munição e formação de quadrilha.

    Leia tudo sobre: pftráfico de armaspmbope

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG