Golpe causou um prejuízo de pelo menos R$ 4 milhões

A Polícia Federal (PF) realizou nesta quarta-feira a operação Precatórios S.A. e prendeu três pessoas suspeitas de saques de precatórios depositados em contas vinculadas da Caixa Econômica Federal por meio de documentos falsos, em Icaraí, Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Eles foram identificados como Evair da Silva Carvalho, Salomão Isaac Assaiag e Cássio Luiz Ferraz Saraiva.

De acordo com a PF, a quadrilha causou um prejuízo de pelo menos R$ 4 milhões na Caixa Econômica Federal. Na ação foram apreendidos R$ 24 mil, aproximadamente 50 espelhos de carteiras de identidade, documentos falsos, um carro Honda Civic e cerca de três mil euros.

Segundo a PF, Cássio é gerente geral de uma agência em Icaraí facilitava os saques efetuados pela quadrilha. Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.