PF desarticula no Rio quadrilha de tráfico internacional de pessoas

Seis foram presas, entre eles, um peruano apontado como chefe do bando

iG Rio de Janeiro com Agência Brasil |

desarticulou nesta quinta-feira (21) no Rio de Janeiro uma quadrilha especializada no tráfico internacional de pessoas. O suspeito de liderar o grupo, o peruano Carlos Alberto Sanchez Palácios, de 54 anos, foi preso. Além dele, outras seis pessoas foram detidas, das quais cinco são peruanas e uma brasileira.

Segundo o delegado da PF no Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim, Alcyr Vidal, Palácios agenciava e aliciava mulheres peruanas e as trazia para o Rio. Na capital fluminense, brasileiras eram contratadas para que comprassem passagens para a França em nome delas e faziam o check-in no lugar das peruanas. O país europeu não exige visto de entrada de brasileiros, mas exige dos peruanos.

De acordo com Vidal, é comum prender pessoas com passaportes falsos, mas esta é a primeira vez em que uma quadrilha demonstrou agir de modo tão inteligente, dificultando a ação da polícia. “Eles burlavam a PF de modo inteligente. A imigração era feita com passaporte peruano falso, o que é difícil de detectar. Uma brasileira fazia o check-in para a França, não embarcava e ficava do lado de fora. Depois entregava o bilhete para o peruano”, disse.

Depois disso, segundo Vidal, Sanchez fazia o check-in com outra passagem para Argentina utilizando passaporte falso, sempre para voos com horários semelhantes. “Só que em vez de entrar no avião para a Argentina, entrava para a França. Ele comprava dois bilhetes” complementou o delegado.

O acusado, de acordo com a PF, já tinha sido preso anteriormente e residia ilegalmente no País. A Polícia Federal acredita que as mulheres aliciadas se espalhavam pela Europa e até pelo Estados Unidos. A chamada Operação Nobreza contou com a participação de 40 agentes das polícias Federal e Civil. Mais envolvidos ainda estão sendo procurados.

    Leia tudo sobre: polícia federaltráfico de pessoas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG