PF combate quadrilha no Rio que abastecia a máfia chinesa em SP

Oito pessoas foram detidas, entre elas auditores da Receita Federal e empresários

Bruna Fantti e Daniel Gonçalves, especial para o iG |

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quarta-feira oito pessoas na cidade do Rio de Janeiro durante a Operação Poseidon, que visa desbaratar um consórcio criminoso que agia nos portos do Estado e abastecia a máfia chinesa de São Paulo. Foram detidos três auditores fiscais da Receita Federal, dois empresários, dois despachantes aduaneiros e um guarda portuário.

O bando teria provocado um prejuízo de dezenas de milhões de reais aos cofres públicos em sonegação de impostos. Os envolvidos seriam responsáveis também pelo contrabando de centenas de toneladas de mercadorias falsificadas oriundas da China que abasteceriam grupos mafiosos.

Segundo a PF, foram cumpridos os oito mandados de prisão expedidos pela Justiça e 24 de busca e apreensão.

A investigação durou um ano e foi realizada pela Superintendência Regional de Policia Federal no Rio de Janeiro e conduzida pela Delegacia de Combate a Crimes Fazendários (DELEFAZ) e pela Delegacia Especial de Polícia Marítima (DEPOM) com o apoio da Receita Federal.

    Leia tudo sobre: PFcontrabandochina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG