Perfuração em tubulação de gás fecha aeroportos do Rio

Problema foi na torre de controle do Galeão e provocou atrasos em voos

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

Os aeroportos Santos Dumont e Galeão, ambos no Rio de Janeiro, ficaram fechados entre as 10h25 e 11h10 desta quinta-feira, devido uma perfuração na tubulação de gás na torre de controle do Galeão. Isso fez com que 15 voos fossem desviados para outras localidades como São Paulo e Belo Horizonte e outros 23 retidos em solo, provocando atrasos nos dois aeroportos.

Segundo o comando da Aeronáutica, uma empresa terceirizada que realizava obras na torre do Galeão quando perfurou a tubulação de gás, provocando um vazamento. O plano de emergência foi colocado em prática, a torre evacuada e as atividades suspensas.

De acordo com a Aeronáutica, o Santos Dumont também foi afetado porque entre os locais interditados estava o Centro de Controle de Aproximação, responsável por orientar todos os vôos na cidade do Rio de Janeiro.

Depois de 45 minutos o vazamento foi contido. A equipe de controladores foi substituída. Às 12h30, os controladores substitutos trabalhavam com máscaras de oxigênio devido à alta incidência de gás no ambiente de trabalho.

"Nosso plano de emergência contempla este tipo de acidente. Sabemos que isso vai afetar o conforto de muitas pessoas que tiveram os vôos retidos, desviados ou atrasados mas nossa prioridade é a segurança tanto dos pasageiros quanto dos controladores que inalaram gás", disse o coronel aviados Henry Wilson Munhoz Wender, chefe da assessoria de imprensa da Aeronáutica.

    Leia tudo sobre: AeroportosRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG