Pela internet, comunidade do Alemão comenta ação policial

Moradores narram como foi a invasão e dão opiniões favoráveis e contrárias à ocupação

Daniela Almeida e Ligia Helena, iG São Paulo |

Não foi apenas na televisão que as imagens do confronto entre a polícia e os traficantes, no Rio de Janeiro, ganharam destaque hoje durante a ocupação do complexo do Morro do Alemão. De dentro da comunidade, moradores narraram na internet, por todo o dia, como foram os tiroteios, a aproximação de helicópteros, os momentos de calmaria e de invasão pela polícia.

No serviço de microblog Tiwtter ou em comunidades virtuais, como o Orkut e o Facebook, mensagens com pedidos de paz se misturavam a protestos contra os criminosos e até mesmo a declarações de resistência por parte dos traficantes.

Entre os internautas que comentavam os acontecimentos no Complexo do Alemão, ganhou força o perfil do jornal "A Voz da Comunidade" (@vozdacomunidade), criado há 5 anos por René Santos Silva, de 17 anos. “O caveirão acabou de subir na comunidade do Morro do Adeus!”, contava René por volta das 15h. “Acabei de ver que o helicóptero da Policia Civil está sobrevoando a comunidade com uma bandeira do Brasil embaixo”, em outra mensagem.

Divulgação
Imagens de apoio a ações da polícia invadem a internet
Morador do Morro do Adeus, René montou uma rede de correspondentes que, assim como ele, relata o que ouve e vê na vizinhança: “Hastearam a bandeira do Rio e do Brasil, da minha casa eu estou vendo, os helicóptero estão dando um show no Complexo do Alemão”, postou a colaboradora Desyree Alves. “Está calmo demais aqui no Complexo do Alemão!”, contava o internauta identificado como IgorComunidade.

No Facebook, internautas transformaram a invasão em “evento” e enviaram convite aos amigos. “Operação Caveira neles. Eu apoio”, eram os dizeres de uma imagem postada em sua página pelo internauta Ronni Nunes e compartilhada por outros usuários da comunidade virtual.

O mesmo selo foi postado em perfis de usuários do Twitter e Orkut. Também no Facebook, a internauta Denise Lopes colocou mensagens de paz: “Vamos fazer uma grande corrente em busca da paz no Rio de Janeiro”.

Apoio ao tráfico

Em uma comunidade virtual intitulada Complexo do Alemão C.V. – C.V. são as iniciais de Comando Vermelho, uma das maiores facções do tráfico fluminense –, os versos de um música de resistência chamam a atenção. “Scooby, pode aguardar. Porque o Bonde Vai Voltar! Scooby, aterrorizar morador é mole. Guerra é bandido contra bandido.” As iniciais C.V. assinavam os versos.

Divilgação
Comunidade no Orkut traz mensagens de apoio a traficantes e assinatura com iniciais do Comando Vermelho (C.V.)

Com mais de 11 mil membros, a página Complexo do Alemão, no Orkut, reúne moradores das favelas e foi palco de discussão para mensagens de apoio e de protesto contra as ações da polícia. Enquanto alguns internautas comemoravam a prisão de traficantes como Zeu, outros faziam piada com a situação ou reclamavam da entrada da polícia na casa de moradores.

    Leia tudo sobre: Rio de JaneiroAtaquesViolênciainternet

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG