Para escapar de ser morto por rivais, traficante invade casa e faz família refém

Caso ocorreu em Niterói (RJ). Vítimas ficaram cinco horas em poder do bandido e foram obrigadas a cozinhar para ele

iG Rio de Janeiro |

Para escapar de ser morto por bandidos rivais do morro do Boa Vista, em Niterói, um traficante invadiu uma casa no bairro do Fonseca, no mesmo município, e fez três pessoas de uma mesma família de refém por cerca de cinco horas na manhã desta quinta-feira (16).

Segundo a PM, o suspeito, identificado como Derinei Pereira dos Santos, de 33 anos, foi agredido pelos inimigos porque pretendia tomar o controle do morro. Para não ser morto, fugiu e pulou o muro da casa e ficou escondido no quintal durante a madrugada.

Por volta das 9h, quando a família já estava acordada, ele rendeu as três pessoas (uma mulher de 63 anos, o filho dela, de 41, e a neta, de 18) e ainda ligou para a mulher ir buscá-lo no local.

Após a chegada da companheira, o bandido, que estava armado, obrigou a famílila a lhe dar remédios já que estava machucado e também a cozinhar para ele.

A PM foi alertada por vizinhos do episódio. Pouco antes das 14h, Derinei pediu a uma das vítimas para chamar um táxi para poder ir embora. Quando o veículo chegou, ele e a mulher saíram da casa e acabaram presos.

Segundo a polícia, antes de invadir a casa, Derinei teria matado dois homens no morro do Boa Vista. Ele também denunciou a dupla de bandidos que teria lhe agredido. Os dois também foram presos.

    Leia tudo sobre: traficantesequestrorefémRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG