Papa nomeia bispos uruguaio e italiano para dioceses do Rio

Mudanças vão acontecer em Barra do Piraí e Campos, no interior do Estado

EFE |

O Papa Bento XVI nomeou o prelado uruguaio Roberto Francisco Ferrería Paz, de 58 anos, bispo de Campos, e o prelado italiano Francisco Biasin, de 68 anos, bispo de Barra do Piraí, ambos no Estado do Rio de Janeiro, informou o Vaticano nesta quarta-feira (8).

Roberto Francisco Ferrería Paz substitui no cargo o bispo Roberto Gomes Guimarães, que apresentou sua renúncia por motivos de idade e foi aceita pelo Pontífice. O mesmo aconteceu com o bispo João Maria Messi, que deixa o cargo para ser substituído por Biasin.

O novo bispo de Campos, Ferrería Paz, nasceu em 1953 em Montevidéu. Naturalizado brasileiro, ele estudou filosofia no Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição, em Viamão, e Teologia no Instituto de Teologia e Ciências Religiosas da Pontifícia Universidade Católica do Porto Alegre e no Instituto Teológico da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Ele fez especialização em História, na Universidade de Montevidéu, e mestrado em Direito Canônico, no Instituto Superior Arquidiocesano de Direito Canônico do Rio de Janeiro.

O religioso uruguaio foi ordenado sacerdote em 1989 e incardinado na Arquidiocese de Porto Alegre, onde prestou serviços como vigário paroquial, professor de direito canônico, pároco e juiz do tribunal eclesiástico, entre outras. Em 2007, foi nomeado bispo titular de Accia e auxiliar de Niterói, cargo que ocupava atualmente.

O novo bispo da Barra do Piraí, Francisco Biasin, nasceu em Arzercavalli (Pádua, Itália) em 1943. Estudou filosofia e teologia no seminário de Pádua, foi ordenado sacerdote em 1968 e entre 1969-1971 especializou-se em catequese nos salesianos de Milão (Itália).

Enviado como sacerdote missionário ao Brasil, prestou serviços em diferentes dioceses do Rio de Janeiro, onde foi pároco, vigário geral e professor de pastoral. Em 2003 foi nomeado bispo de Pesqueira, cargo que ocupava atualmente.

    Leia tudo sobre: vaticanodiocesebarra do piraícampos dos goytcazes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG