Pai e filho são denunciados por pedofilia em Petrópolis (RJ)

Crime ocorreu em 2006. Eles são acusados de atentado violento ao pudor contra um menino de nove anos

iG Rio de Janeiro |

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou nesta semana pai e filho pelo crime de pedofilia e atentado violento ao pudor contra um menor. O caso ocorreu em 2006, em Petrópolis, na região serrana. Na época, a vítima tinha nove anos. Uma terceira pessoa também foi denunciada. Os nomes não foram revelados.

Segundo a Promotoria, em 2006, o homem denunciado obrigou a criança a se prostituir. Ele oferecia balas, doces e refrigerantes e, em troca, exigia que o menor praticasse sexo. Em uma das práticas, o acusado foi surpeendido pelo próprio filho. Em vez de denunciar o pai, o rapaz obrigou o menino a fazer sexo com ele também. Do contrário, contaria tudo para a mãe do garoto.

Com medo de a mãe saber do fato, o menino acabou se submetendo à tortura sexual. Os crimes só tiveram fim porque a vítima contou tudo para a madrinha. A polícia, então, foi acionada.

Os crimes foram classificados pelo Ministério Público como “hediondos”. Em caso de condenação, os denunciados podem pegar penas que variam entre 15 e 25 anos.

    Leia tudo sobre: paifilhopedofiliaRio de Janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG