Segundo a polícia, funcionários do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro disseram que vítima foi imprensada contra uma pilastra

Um operário morreu no início da madrugada desta terça-feira em um acidente com uma retroescavadeira no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, na Região Metropolitana do Estado. Ele foi identificado como Marcos Vinicius Pereira da Silva, de 38 anos.

O funcionário foi levado para o Hospital Municipal de Itaboraí, mas já teria chegado morto à unidade de saúde. A Petrobras não confirma o acidente, porém o titular da 71ªDP, Jardiel Santos de Melo, esteve no local acompanhando o trabalho da perícia e disse que o acidente com a retroescavadeira aconteceu no interior do Comperj.

De acordo com o delegado, colegas de trabalho de Vinicius disseram que ele foi imprensado contra uma pilastra que estava sendo construída.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.