Operação prende 224 flanelinhas no Rio de Janeiro

Flanelinhas não autorizados pela Prefeitura extorquiam motoristas. Eles foram enquadrados em formação de quadrilha

AE |

selo

Durante a "Operação Arrumador", realizada nos dias 5 e 6 de maio, a Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu 224 flanelinhas que exerciam ilegalmente a profissão. A ação teve o objetivo de coibir a prática de extorsão que, segundo a polícia, vem sendo praticada pelos guardadores de carros não autorizados pela prefeitura.

Os agentes realizaram as operações na capital e no interior do Estado. Cada delegacia fez imagens da atuação dos flanelinhas como provas que também puderam enquadrá-los em formação de quadrilha. Durante a ação, alguns deles foram presos em flagrante, quando tentavam extorquir os motoristas.

    Leia tudo sobre: flanelinhaspresosilegalmenteextorquir motoristas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG