Suspeitas visitariam presos no complexo de Bangu e esconderam aparelhos em rádios de pilha

Oito mulheres foram presas nesta segunda-feira (21) ao tentarem entrar no presídio Instituto Penal Benjamim Moraes Filho, no complexo prisional de Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro, com 12 telefones celulares, 17 baterias, 33 chips, cinco placas eletrônicas, carregadores para celulares e seis fones de ouvido.

Leia também : Mulher tenta entrar em presídio com drogas escondidas em roupa de bebê

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, o material ilícito estava escondido dentro de rádios portáteis de pilha AM/FM. O fato ocorreu durante procedimento de revista de rotina nos pertences dos visitantes.

As suspeitas, que visitariam presos, serão indiciadas pelo crime de formação de quadrilha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.