Obra em prédio que desabou não estava registrada no Crea-RJ

Engenheiro responsável pela intervenção está sendo procurado

Luisa Girão, iG Rio de Janeiro |

AE
Intensa nuvem de poeira gerada pelos desabamentos dos prédios pode ser vista de longe
A obra que estava sendo realizada no prédio localizado no número 44 da Avenida Treze de Maio - que veio abaixo na noite de quarta-feira (25) no centro do Rio de Janeiro - não estava registrada no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-RJ). A informação foi confirmada pelo conselheiro do órgão, Antônio Eulálio Pedro, engenheiro civil especialista em estrutura.

Colabore: Envie seu relato sobre os desabamentos dos prédios no centro do Rio

Segundo ele, a empresa responsável pela intervenção também não estava cadastrada no Crea-RJ. O nome da companhia, no entanto, não foi divulgado e o engenheiro responsável pela obra está sendo procurado. Os trabalhos estavam sendo feitos em um dos últimos andares do edifício havia cerca de 15 dias.

A hipótese de uma explosão de gás ter sido a causa do desmoronamento foi descartada, já que o prédio caiu de cima para baixo. Em caso de explosão, segundo Antônio Eulálio Pedro, os destroços seriam arremessados para cima e para os lados. A hipótese de uma viga ter sido retirada está sendo investigada.

Assista: Vídeos mostram momentos após os desmoronamentos de prédios no Rio

O ator Aguinaldo Pereira, de 40 anos, foi entrevistado pelo iG na noite de quarta-feira e disse que viu uma obra no 16º andar .

"Quando estava indo embora, o elevador parou nesse pavimento e observei que ele inteiro estava em obras. Havia um enorme espaço vazio", disse Pereira. Segundo ele, as quatro colunas que sustentavam o andar teriam sido retiradas. O ator tinha saído do prédio por volta das 18h30, após pegar o óculos que havia encomendado a uma ótica que ficava no 18º andar.

Já o ajudante de obras, Alessandro dos Santos, de 31 anos, relatou ao iG nesta quinta-feira que trabalhava em obra no 9º andar . A intervenção era feita no turno da noite.

    Leia tudo sobre: desabamentoprédiodesabamento de prédio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG