Mulher morre atingida por bala perdida em favela do Rio

Moradora de 40 anos foi vítima de um tiroteio entre bandidos rivais na favela do Rebu, na zona oeste

iG Rio de Janeiro |

Uma moradora morreu atingida no peito por uma bala perdida na manhã desta quinta-feira (11) durante um confronto entre traficantes rivais na favela do Rebu, em Senador Camará, na zona oeste do Rio de Janeiro.

A vítima, identificada como Kelly Cristina de Sá Lacerda, de 40 anos, ainda chegou a ser levada para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na mesma região, mas morreu ao dar entradda. Ela trabalhava como agente comunitária de saúde.

O marido da vítima, identificado como Marco Silva, foi baleado no ombro, e também está internado no mesmo hospital, mas não corre risco de morte.

Após o tiroteio que resultou na morte de Kelly, PMs foram ao local verificar uma denúncia de que um posto de saúde municipal na favela foi invadido por traficantes e que haveria reféns. Segundo o comandante do batalhão de Bangu (14º BPM), tenente-coronel Djalma Beltrami, os policiais não confirmaram a denúncia.

O posto de saúde, no entanto, foi fechado, de acordo com Beltrami. A Secretaria Municipal de Saúde ainda não se manifestou sobre o caso.

    Leia tudo sobre: bala perdidamortefavela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG